Sombras…

E são sombras, sombras…“. Fernando Pessoa .

Amanheceu escuro. Chuva fina, céu com cor de solidão. Árvores levemente reclinadas recebendo a chuva, deixando o ar com sabor de coração despedaçado. Sombras arrastando-se embaixo de carros e pés, arrastando-se entre garagens, túneis, praças. Estátuas fieis ao lado de prédios imponentes. Luzes acesas, à falta completa da luz natural. Tristezas cintiliando ao vento. E no entanto, há céu azul dentro de mim. Azul resplandecente, sol brilhante, e grandes probabilidades de tempo bom por toda a semana.

Lyani }

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.

3 comentários sobre “Sombras…

  1. O Trovador disse:

    huhuhu

    Concordo com a Fla.

    Não importa o temporal do lado de fora, se há sol dentro de nós, tudo fica ensolarado.

    Você já leu o Livro do Desassossego? *-*

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s