Parecem caixas de cigarros…

mas sao livros de autores classicos!

 

 

A inglesa TankBooks publica livros que se parecem com caixas de cigarros – têm o mesmo tamanho, abrem da mesma maneira e sao embalados em celofane. A ideia surgiu com a proibiçao do consumo de cigarros em locais publicos na Inglaterra desde o inicio de julho – os livros sao uma homenagem ao design das embalagens de cigarro, que a empresa considera “objetos icones, conhecidos do publico e testados” – leia aqui. Os titulos publicados no formato sao classicos de autores como Joseph Conrad, Hemingway, Kafka, Tolstoy, Rudyard Kipling e Robert Louis Stevenson. Estao à venda em livrarias.

Fonte: Blue Bus

Vandalismo

Meu coração tem catedrais imensas,
Templos de priscas e longínquas datas,
Onde um nume de amor, em serenatas,
Canta a aleluia virginal das crenças.
Na ogiva fúlgida e nas colunatas
Vertem lustrais irradiações intensas
Cintilações de lâmpadas suspensas
E as ametistas e os florões e as pratas.

Como os velhos Templários medievais
Entrei um dia nessas catedrais
E nesses templos claros e risonhos …

E erguendo os gládios e brandindo as hastas,
No desespero dos iconoclastas
Quebrei a imagem dos meus próprios sonhos!”

. Augusto dos Anjos .