Recordações

Era cedo demais para acordar quem quer que fosse com a notícia e, de qualquer maneira, não havia ninguém que pudesse compartilhar dos meus pensamentos ou das minhas recordações. Quão depressa, num instante, anos de vida feliz se transformam em recordações! Os longos e lentos preparativos dos últimos sete anos tinham chegado ao fim. O dia que eu tanto temera chegara. A solidão final ia começar”.

. Pearl S. Buck in A Grande Travessia .


3 comentários sobre “Recordações

  1. Nossa…fiquei curiosa pra saber o que se passou com ele, ou com ela…
    Num dia desses, na livraria, vi esse livro e minha mão coçou muuuito querendo comprá-lo, mas além de sem dinheiro, lembrei que estou terminando “a menina” em doses homeopáticas, e depois dela, já tem 3 na fila…rs
    Mas vou ler…

    Bjo Ly!!
    ^^

    😉

  2. lyani,

    Sua página é muito bonita. Mesmo.
    Esse trecho dA grande travessia me fez ter saudades dos meus 13, 14 anos quando li Pearl Buck. Tive vontade de voltar a ler Perarl Buck.

    beijo,

    Volto depois,

    Dauri Batisti

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.