Fragmento 10

E assim sou, fútil e sensível, capaz de impulsos violentos e absorventes, maus e bons, nobres e vis, mas nunca de um sentimento que subsista, nunca de uma emoção que continue, e entre para a substância da alma. Tudo em mim é a tendência para ser a seguir outra coisa; uma impaciência de alma consigo mesma, como com uma criança inoportuna; um desassossego sempre crescente e sempre igual. Tudo me interessa e nada me prende. Atendo a tudo sonhando sempre {…} Sou dois, e ambos têm a distância – irmãos siameses que não estão pegados”

. Fernando Pessoa in Livro do Desassossego.

Músicas & Livros

Costumo ler em ônibus. E sempre que estou em ônibus, estou ouvindo meu mp3. E sempre estou encantada por uma música e acabo ouvindo ela sem parar. E sempre coincide com algum livro que estou lendo e depois sempre que ouço tal música, me lembro do livro. Então, ficou assim (os que eu me lembro):

  • O Colecionador – John Fowles & Here With Me – Dido;
  • Anjos e Demônios – Dan Brown & My Sacrifice – Creed;
  • Rebecca – Daphne Du Marrier & Into the West – Annie Lennox
  • O Morro dos Ventos Uivantes – Emily Brönte & Sister – The Nixons
  • O Nome da Rosa – Umberto Eco & Kiss from a Rose – Seal
  • A Menina que Roubava Livros – Markus Zusak & All For Love – Chip Jekins;

E é incrível como é só tocar a música e eu me transporto automaticamente para a história do livro. Incrível…