Porto

Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?
Só quero ir indo junto com as coisas, ir sendo junto com elas, ao mesmo tempo, até um lugar que não sei onde fica, e que você até pode chamar de morte, mas eu chamo apenas de porto”

. Caio Fernando Abreu in Ovelhas Negras.


3 comentários sobre “Porto

  1. POIS É: E A NOITE DE HOJE? QUEM CUIDARÁ DA NOITE DE HOJE ANTES QUE O DIA DE AMANHÃ AMANHEÇA?
    FUI FERIDA HOJE. O LIMITE CHEGOU HOJE.
    NÃO IMPORTA O NOME DO LUGAR.

  2. O cigano Melquíedes, de “Cem Anos de Solidão,” vaticinou que “…as coisa têm vida própria. Tudo é questão de despertar a sua alma”.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.