Fragmento 93

Em mim foi sempre menor a intensidade das sensações que a intensidade da consciência delas. Sofri sempre mais com a consciência de estar sofrendo que com o sofrimento de que tinha consciência. {…} Criei-me eco e abismo, pensando. {…}Vivo de impressões que me não pertencem, perdulário de renúncias, outro no modo como sou eu”

. Fernando Pessoa in Livro do Desassossego .