Pressentimento

Não. Embora ainda esteja no começo. Embora ainda esteja se formando o furacão que virá me tirar todos os sonhos. Embora possa sentir os ventos pesados. Não é fácil. Nem tão pouco aceitável. Mas é estranho como estou calma. Será que cresci? Amadureci e pela primeira vez estou preparada para o tombo? Preparada para me reerguer? Acho que ainda é cedo para dizer, mas estou preparando meu coração para as perdas. Acho que parece serenidade. Parece, porque meu coração sempre esteve preparado para as perdas. Preciso é preparar a minha mente. Dizer-lhe lentamente e com calma tudo que será preciso fazer para levantar e continuar a viver, apesar de tudo…

{ Lyani } 13/10/2005

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.

8 comentários sobre “Pressentimento

  1. Nina disse:

    Amiga,lindo, lindo, lindo!Sua alma tem gosto de almiscar. Mas querida ,nunca estamos preparados para perdas.Assim como as dores elas diferem não em intensidade ou em importância, mas na agonia da solidão não demonstrada,no ressecamento interior não regado por um amigo verdadeiro.

  2. Lu disse:

    Nussa! Li achando que era Clarice! 😀

    “…porque meu coração sempre esteve preparado para as perdas. Preciso é preparar a minha mente. ”

    Isso vai pro meu blog, porque tem tudo a ver com o meu momento. Queria essa sua serenidade para perder sem sofrer…

    Beijão!

  3. Daah Oliveira disse:

    Eu não gosto muito de falar de perdas, já sofri muito com isso um dia, e nem sequer sei o que me fez levantar! Porém eu acredito que se um dia acontecer denovo, eu vou levantar denovo, e denovo… sempre assim.
    A dor é inevitável, não adianta disfarçá-la.
    A gente só aprende a viver com isso, da melhor maneira de todas, da nossa!!!

    😉

  4. Dani** disse:

    “….uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de.
    Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. INclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente”. Clarisse Lispector

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s