Lúcida em Excesso

Estou sentindo uma clareza tão grande que me anula como pessoa atual e comum: é uma lucidez vazia, como explicar? assim como um cálculo matemático perfeito do qual, no entanto, não se precise. Estou por assim dizer vendo claramente o vazio. E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior do que eu mesma, e não me alcanço. Além do quê: que faço dessa lucidez? Sei também que esta minha lucidez pode-se tornar o inferno humano — já me aconteceu antes. Pois sei que — em termos de nossa diária e permanente acomodação resignada à irrealidade — essa clareza de realidade é um risco. Apagai, pois, minha flama, Deus, porque ela não me serve para viver os dias. Ajudai-me a de novo consistir dos modos possíveis. Eu consisto, eu consisto, amém.”

.Clarice Lispector in Aprendendo a Viver .

5 comentários em “Lúcida em Excesso

  1. Acho que meio que entendo, tenho uma duvida, uma escolha que sei que devo fazer, posso ver perfeitamente as concequencias de ambas, queria me iludir de forma a achar que alguma delas traria vida a mim, mas creio que vejo a vida com tamanha lucidez que é impossivel me iludir dessa maneira…

  2. Lyyyy!
    Ai, que saudade de tu!
    Tudo bem?
    Feliz 2008 atrasado!…recebi seu recado no msn…e respondi.
    Espero que tenhas visto!

    Beijão querida!
    Agora a internet tá de volta e ninguém segura…uahau

    KISSUUUUUUUUUU!!!!!!!

    =D)

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.