Perpetuar o silêncio

Já nada há de inofensivo. As pequenas alegrias, as manifestações da vida que parecem isentas da responsabilidade do pensamento não só têm um momento de obstinada estupidez, de autocegueira insensível, mas entram também imediatamente ao serviço da sua extrema oposição. Até a árvore que floresce mente no instante em que se percepciona o seu florescer sem a sombra do espanto; até o “como é belo!” inocente se converte em desculpa da afronta da vida, que é diferente, e já não há beleza nem consolação alguma excepto no olhar que, ao virar-se para o horror, o defronta e, na consciência não atenuada da negatividade, afirma a possibilidade do melhor. {…} A própria sociabilidade é participação na injustiça, porquanto dá a um mundo frio a aparência de um mundo em que ainda se pode dialogar, e a palavra solta, cortês, contribui para perpetuar o silêncio, {…}. Para o intelectual, a solidão inviolável é a única forma em que ainda se pode verificar a solidariedade. Toda a participação, toda a humanidade do trato e da partilha são simples máscara da tácita aceitação do inumano. Há que tornar-se consonante com o sofrimento dos homens: o mais pequeno passo para o seu contentamento é ainda um passo para o endurecimento do sofrimento

. Theodore Adorno in Minima Moralia .

6 comentários sobre “Perpetuar o silêncio

  1. dZ disse:

    Olha, eu aconselharia uso urgente de medicação controlada, se não internamento para tratamento intensivo.

    Afora o tratamento poéico e até mesmo filosófico, é doente sentir frio sob um sol escaldante.

    Mas, supondo-se ser correto e verdadeiro, repito: ignorância é felicidade.

    Bj.

  2. John Doe disse:

    PS.: Meu blog agora tem companhia, pela minha ausencia, e por meu anseio de não deixar meu caderno esquecido num canto, convidei meu primo que apesar de ter problemas em editar seus posts, escreve muitas vezes melhor que eu… espero que seja uma mudança a acrescentar…

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s