Frio

{…} E mais uma vez me deitarei no frio,
guia de luz perdido,
sem mistérios e sem sombra”

. Vinícius de Moraes .