Fragmento 135

Dormir! Adormecer! Sossegar! Ser uma consciência abstracta de respirar sossegadamente, sem mundo, sem astros, sem alma ─ mar morto de emoção reflectindo uma ausência de estrelas!”

. Fernando Pessoa in O Livro do Desassossego .

3 comentários em “Fragmento 135

  1. às vezes dá vontade de ser só o ar que se respira. Mas, eu tenho preferido respirar ofegante em produção. E quem me dera produzir como ele… quem me dera ser alguém ao menos aquém de Pessoa.. ao menos na mesma frase que alguma citação de seu nome! Mas, mesmo assim, mesmo na ânsia da fertilidade, às vezes dá vontade de ser só ar. e sosseg…ar. bjs

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.