Terra tão calma

Demorei-me um pouco por ali, sob o sereno céu, a olhar as mariposas que esvoaçavam entre as urzes e as campânulas, e a ouvir o vento suave a soprar na relva, e pensando sempre que ninguém poderia atribuir um sono agitado aos habitantes daquela terra tão calma”

. Emily Brönte in O Morro dos Ventos Uivantes .