Meme: Citação de Filme

O Meme que recebi da Poetriz, consiste em escrever um post com uma citação que te marcou, retirada de um filme, indicando a personagem, o filme e o poster do filme:

Catherine, praza a Deus que não tenha descanso enquanto eu viver! Disseste que eu te matei… pois persegue-me agora com o teu fantasma!… Sei que a vítima persegue o seu assasino. E sei que andam almas penadas pela terra. Fica comigo para sempre… toma qualquer forma… enlouquece-me! Mas não me deixes neste abismo onde não te possa encontrar! Oh, Senhor! É inexprimível! Não posso viver sem a minha vida! Não posso viver sem a minha alma!”

. Heathcliff para Catherine in O Morro dos Ventos Uivantes .

Assisti esse filme de novo outro dia. E mais uma vez derramei lágrimas pela história de amor mais linda que já conheci. Depois desta, só mesmo Pássaros Feridos! Não sei, gosto do drama, da forma como as coisas não se encaixam. Não é aquele tipo de romance meloso em que tudo dá certo e também não mostra este amor superficial hoje em dia tão bem demonstrado em tantos filmes. Fala de uma paixão, uma obsessão, um amor que destruiu a todos que o tocaram. Só achei que o filme não mostra a real natureza de Catherine Earnshaw. Achei-a muito mais terrível no livro do que no filme. Não que Juliette Binoche não tenha interpretado perfeitamente seu papel, mas o filme não deixou espaço para se chegar a perfeição, como no caso de Heathcliff, onde nenhum detalhe de sua personalidade foi deixado de lado. Sem contar na atuação de Ralph Fiennes, que foi impecável. Amo este filme, amo o livro, amo a história! E são tantos os momentos que poderia julgar emocionantes, como na hora em que Catherine se casa e está indo embora de Wuthering Heights, e então olha para trás e pensa “Como posso viver sem minha vida? Como posso viver sem minha alma?” e quando Cathy morre e Heathcliff diz as duas mesmas frases a Nelly. São tantos momentos infinitos e emocionantes que jamais esquecerei. Acho que já li tanto o livro e assisti tanto o filme que a história me parece real. E quem poderá dizer que não o foi?

Era pra indicar mais 5 pessoas, mas deixo livre para quem quiser fazer!!! =D

12 comentários sobre “Meme: Citação de Filme

  1. Adriana disse:

    vcs já viram o morro dos ventos uivantes versão MTV ???
    é tão lindo qto o antigo, com algumas diferenças, mas maravilhoso…assistam…os personagens são lindos, a música perfeita…não é a do angra…é outra…

  2. Fabiola disse:

    a gente eu quero muito esse livro terminei de ler um livro muito bom tbm que conta sobre esse livro 😀
    Soul Love ‘ a noite o ceu e perfeito’ linda a historia vale apena ler
    beijoos ;*

  3. MARIA disse:

    Assisti o Morro dos Ventos Uivantes pela primeira vez eu ainda era bem jovem. Confesso que até hoje foi a estória de amor mais maravilhosa que já assisti na minha vida. E olhe que já foram feitos muitos filmes depois disso. Mais essa em especial foi a que mais me marcou devido a intensidade dos sentimentos. O amor e o ódio caminhando lado a lado durante toda estória.Ódio e amor, vingança e sofrimento se misturam nesse romance. Foram anos e anos de sofrimento e de lutas por causa de um amor que não pode se realizar.

  4. maria de fatima disse:

    a primeira vez que assisti este filme eu era uma mocinha. hoje tenho 40 anos mas nunca consegui esquecer esta estoria tao emocionante .na verdade eu acho a melhor estoria de amor de todos os tempos. tenho o livro que leio quase todos os dias e pretendo adquirir o filme para que eu possa reviver a emoçao de assistir essa estória de amor tão maravilhosa. meus filhos me perguntam porque eu gosto tanto desse filme. na verdade as vezes me sinto como a personagem catherine que sofreu por um amor impossível e morreu sem ter vivido a alegria de te-lo.

  5. Roberta Gavazzoni disse:

    Absolutamente inexprimível cada sentimento que brotou em mim após a leitura deste clássico, tão demasiadamente enlouquecedor – tanto por sua dimensão de beleza, mas também por ser perturbadoramente paradoxal a forma com a qual a trama se entranha e se torna tão única.
    Senti a perversidade de Heathcliff – mas também a sua paixão desenfreada e insana pela Cathy – e a inveja e despotismo – e o amor maior do que o mundo dela por seu querido meio-irmão.
    Esse livro é fantástico; há passagens que fazem-nos chorar; que emocionam-nos com seu tecido fino de alegria – e também de drama. Essa passagem é, sem sombra de dúvida, uma de minhas preferidas. Consigo sentir o sobrenatural da linguagem e de como a poesia está arraigada ao ser do sentimentalismo exacerbado.
    É um livro perverso, porque os personagens o são, no geral; e o que os salva, o que os torna tão dignos é o amor; é esse sentimento que paira entre suas atmosferas, mesmo com a morte sofrida de Cathy, ao dar à luz à Cathy, filha de outro que não Heathcliff.

  6. Nathi disse:

    eu estou com vontade de ler esse livro pq eu li a serie crepusculo e sempre bella estava lendo este livro então eu fiquei curiosa para saber a historia

  7. Joana disse:

    Peço permissão para escrever aqui a tradução da música Wuthering Heights, da cantora Kate Bush, também regravada pela banda de heavy metal brasileira, Angra:

    Lá fora, nas tempestuosas colinas,
    Nós girávamos e caíamos no gramado.
    Seu temperamento era como meu ciúme,
    Ardente e ávido demais.
    Como pôde me abandonar,
    Quando eu mais precisei te possuir?
    Eu te odiei, eu te amei também.

    Sonhos ruins à noite,
    Eles me revelavam que eu perderia a luta,
    Deixaria para trás meu Morro, Morro dos Ventos Uivantes.

    Heathcliff! Sou eu, Cathy, voltando para casa.
    Sinto tanto frio! Deixe-me entrar por sua janela.

    Oh, aqui é escuro e solitário
    Deste outro lado, longe de você.
    Eu sinto tanta saudade! Eu percebo que o destino
    Fracassa sem você.

    Estou voltando amor. Cruel Heathcliff,
    Meu único sonho, meu único senhor.

    Há muito tempo eu vagueio pela noite,
    Estou voltando para o seu lado , para consertar isto.
    Estou voltando para casa, para Meu morro, Morro dos Ventos Uivantes.

    Heathcliff! Sou eu, Cathy, voltando para casa.
    Sinto tanto frio! Deixe-me entrar por sua janela.

    Oh! Deixe-me possuí-lo!
    Deixe-me levar sua alma comigo.
    Você sabe que sou eu, Cathy.

    Heathcliff! Sou eu, Cathy, voltando para casa.
    Sinto tanto frio, deixe-me entrar por sua janela….”

    Belíssima música (principalmente, ao meu gosto, na versão do Angra!).
    Realmente, amo tudo a respeito de Wuthering Heights!
    Abraços!

  8. bruna disse:

    Eu li o livro crepusculo que cita varias vezes esse livro então fiquei curiosa pra o ler… achei uma historia de amor linda e trsite… chorei e ate agora choro quando releio a parte que ele fala com a nelly depois que ela morre além de outras partes também com o “Meus maiores sofrimentos neste mundo têm sido os sofrimentos de Heathcliff; fui testemunha deles e senti-os todos desde o começo. Meu maior cuidado na vida é ele. Se tudo desaparecesse e ele ficasse, eu continuaria a existir. E se tudo o mais ficasse, e ele fosse aniquilado, eu ficaria só num mundo estranho incapaz de ter parte dele. Meu amor por Linton é como a folhagem da mata: o tempo a de muda-lo como o inverno muda as arvores, isso sei muito bem. E meu amor por Heathcliff é como as rochas eternas que ficam debaixo do chão; uma fonte de felicidade quase invisivel, mais necessaria.Nelly, eu sou Heathcliff.” e “Mesmo que ele a amasse com todas as forças do seu mesquinho corpo, nem em oitentas anos a amaria tanto quanto eu a amo num dia.” e “mais facil esquecer a propria vida do que me esquecer de você!”. Não vi o filme mais pretendo ve-lo. Realmente o livro é maravilhoso eu acho que além do amor deles ser a única coisa boa que eles tem porue eram sim pessoas crueis, egoistas, orgulhosas, vingativas e mimadas era também a unica coisa boa e feliz que tinham na vida, o que foi a vida dos dois sem um ao outro?? foi realmente triste e sofrida… o amor deles era forte e bonito era o que fazia ele não ser tão cruel quando estava com ela era o que fazia eles serem feliz, tanto que a unica alegria na vida de Heathcliff depois da morte de Cathy foi no momento em que ele foi morrer para reencontra-la. O amor deles foi realmente lindo, pena não ter sido vivido… também amei o final de Catherine e Hareton… amei,amei e amei o livroooo!! bjos.. desculpa ter falado tanttoo!!

  9. poetriz disse:

    Sabe que o livro do “vampiro” cita várias vezes esse romance?
    Sempre que os personagens falam do livro, lembro de vc…

    Inclusive a citação que vc marcou: “Como posso viver sem minha vida? Como posso viver sem minha alma?” é dita pelo mocinho do livro.

    Agora, diga, quer ler mais que tudo não??? rsrsrs…

    Bjs!

  10. Nathália disse:

    Eu fiquei com vontade de ler o livro desde que ouvi a versão da música gravada pelo Angra, conhece?
    Mas sempre esqueço de comprar o livro, ou pelo menos pegá-lo emprestado com alguém.

    Porém agora a vontade ficou enorme. Vou na biblioteca ver se o encontro por lá.

    Ah, e as aulas as quais me referi são as da faculdade.
    Fiquei 6 meses parada, só esperando que elas começassem. Mas agora que faltam 2 dias para que isso aconteça, estou me sentindo incomodada. Haha. Vai entender.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s