Eis uma boa receita

Muitos de nós, homens e mulheres, enquanto executam uma tarefa usam, ao mesmo tempo, freios mentais e emocionais para evitar executá-la. Quando a “cabeça” está fazendo uma coisa sem querer muito fazê-la, usamos tanta energia em forçar-nos, quanto a que usamos no trabalho propriamente dito. Metade de nossa vontade é aplicada no trabalho, e a outra metade “contra” o trabalho – como um carro freado que tenta avançar. Uma tarefa desagradável cansa dez vezes mais do que uma agradável.
O que fazer quando o trabalho desagrada? Ou mudar de trabalho – ou mudar de atitude em relação ao trabalho. qualquer trabalho com o qual nós concordamos pode ser agradável. Se obtivermos o nosso consentimento, e concordarmos sem reservas, o cansaço diminui mesmo.

Clarice Lispector in Só para mulheres

6 comentários sobre “Eis uma boa receita

  1. O Trovador disse:

    Mudar de atitude \o//

    O jeito é amar tudo o que se faz… É dificil, mas quando se aprende a ver prazer em tudo… Ahh…

    Chega a ser mórbido [;

  2. Fabrício Carlos disse:

    oi…
    passo por esse cansaço na minha vida… mas sei que não ficarei por muito tempo no emprego (por vontade propria)
    mas talvez essa receita funcione não apenas nos empregos… mas em outros setores importantes de nossas vidas….

    ‘brigadão por passar no meu blog…
    quanto HP7:é um ‘bom’ livro mas infelizmente a J.K deixou muito a desejar….

    bjs…

  3. Sweet T disse:

    Oi Ly!
    Tudo bem?
    Estou de volta…rs
    Já vi que tem muita coisa boa aqui no seu blog pra eu ler e comentar… muita coisa pra refletir… muito bom, tem que ser assim mesmo!!!
    Engraçado como a gente se apega a esse mundinho em tão pouco tempo…
    Beijos!!!

  4. Pavón (Ruberto) disse:

    Lembro uma vez que um professor me disse que ler com barulho em volta cansa muito, pq o cerebro precisa executar dois trabalhos, o da leitura e o de evitar que o barulho em volta prejudique a concentração.. acho que a mesma coisa acontece na sua receita, mesmo que involuntariamente quando nao gostamos daquilo que fazemos acabamos impondo bloqueios mentais que nos desgastam mentalmente e nos fazem aproveitar muito menos outros prazeres da vida…..

    Beijos

  5. Roberta Cristina Lopes disse:

    Hoje ler esse texto me fez ver que sei exatamente sobre o que Clarice queria dizer….
    E acho que de tantos trabalhos que me deixaram muito cansada em fazê-los hoje quero fazer uma outra escolha…uma de trabalhar no que me dará prazer a ponto de não ver o tempo passar, e simplesmente esperar chegar o dia seguinte e começar tudo de novo.

    Um bjo grande

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s