Sorriso

O caminho se apagou
Já foi o tempo dos abraços
Só restou a vontade não proclamada de um sorriso

{ Lyani } 17/01/2002

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.

10 comentários sobre “Sorriso

  1. Mai disse:

    Oi, Luani.
    Parece aquele hiato do algo não vivido.
    Sabor amargo.
    Tom amarelo desbotado.
    Felizmente, Lyani experimentamos tantos outros sentires.
    Lindo teu verso.
    Porque tua poesia é de sabor doce.

    Abraços

  2. Patí Costanti disse:

    Então aquele meu poema… realmente muito triste, foram tempos de grande desesperança, que não quero viver mais! rs, e por isso desencontros amorosos me dão pânico!
    E aquela minha fala tinha tudo a ver com esse sentimento expressado nestes versos seus… lindos versos Lyani, triste mas delicado e muito verdadeiro!!

  3. André disse:

    Pelo menos fica esse sorriso que fica guardado na nossa memória e faz a gente viver mais.
    Estou indo de encontro as minhas vontades e acreditações, com um sorriso de felicidade em casa bolso.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s