O Sonho

Era só um sonho. Não. Era O sonho. E fomos lá de novo. Mais uma vez, olhamos tudo em seus mínimos detalhes. Sorrimos, e entrelaçamos nossas mãos suspirando e pensando no futuro. Mas o futuro é sempre uma miragem e muda conforme nós mudamos. O sorriso se apagou, os dedos quase não se tocavam e o suspiro virou lágrimas. Mas a realidade dura se modifica e os sonhos se transformam, se moldam a nova realidade, se tornam outros sonhos. O sonho, de novo. E outros sorrisos emolduram o rosto, outra vez as mãos se entrelaçam, e enchugam-se as lágrimas. É estranho como se acostuma à dor e se aprende a reerguer, reinventar. Pra sorrir de novo, sonhar de novo, suspirar como da primeira vez. E a esperança acompanha cada passo. Principalmente no começo de cada ano. É assim que a vida continua seu caminho. E, mais uma vez é só um sonho. Não. É O sonho.

{ Lyani }

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.