Livro, ferramenta de Inclusão Social

Esse post faz parte da Blogagem ColetivaInclusão Social” proposta por Esther do Esterança:

E como não poderia deixar de ser, acredito que o Livro é uma das principais ferramentas na luta pela inclusão social. Principalmente agora com os audiolivros. Livros são para todos, são de todos. Não há cor, raça, religião. Só há de ser humano para poder desfrutar de seu bem.

Então, para este post escolhi divulgar um projeto e um programa da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro e também falar um pouco sobre o Audiolivro:

Projeto Biblioteca Acessível

O projeto “Biblioteca Acessível”, desenvolvido desde janeiro de 2008 pela ONG Acessibilidade Brasil e pela Biblioteca Nacional, tem o intuito de permitir o acesso de portadores de deficiência física e idosos ao acervo de periódicos e livros da BN. Para isso, estão sendo instalados ampliadores de texto, leitores de livro autônomos, impressoras Braille, folheadores, teclados e mouses especiais, além de programas que fazem reconhecimento de voz.

Fonte: Escafandro.org | Mais sobre o projeto: Ministério da Cultura

Programa Biblioteca Nacional Sem Fronteiras

BIBLIOTECA NACIONAL SEM FRONTEIRAS é um programa que visa democratizar o acesso da BIBLIOTECA NACIONAL. É composta por coleções digitais temáticas, refletindo todas as áreas da instituição e, em especial, os tesouros da Biblioteca Nacional.

Fonte: BN Sem Fronteiras | Saiba mais

Audiolivros

O audiolivro é um instrumento valioso de inclusão social, pois permite informação imediata dos mais variados temas históricos e contemporâneos. Além disso, o audiolivro é economicamente viável ao usuário, de fácil acondicionamento e manuseio, sendo capaz de atender a um público heterogêneo de ouvintes.

(Coordenação do Livro Falado / Instituto Benjamim Constant)

Leia mais sobre Audiolivro aqui.