exposição+literatura>Vidas Secas, de Graciliano Ramos

Por Fernando Aguiar

onde
IEB, travessa 8 da Av. Prof. Mello Morais, 140.
Cidade Universitária – São Paulo, tel. 3091 1149
quando
de 2ª a 6ª, das 9h-18h, sáb., das 10h-16h
quanto
grátis

O escritor Graciliano Ramos [1892-1953], nascido em Alagoas, estudou em Maceió mas não chegou a cursar faculdade alguma. No entanto, ele deixou obras-primas como Memórias do Cárcere, São Bernardo e Vidas Secas – usada à exaustão nos vestibulares –, que retrata a crueza da realidade nordestina nos anos 30. A obra completou 70 anos em 2008 e esse mote da exposição. Não apenas os personagens Fabiano, Baleia e Sinhá Vitória estão lá na mostra O Círculo e as Linhas Tortas, mas também todas as etapas de produção do livro, como por exemplo, fotos, manuscritos e outras edições.

Fonte: B.Coolt