25.07 [09] – Dia Nacional do Escritor

Somos todos escritores, só que alguns escrevem e outros não”

. José Saramago .

p.s.: desculpem a falha, estou no Rio em um treinamento e tinha me esquecido de atualizar este post ;P

Sempre você

Lembra quando nos conhecemos? Você achou que eu era grosseiro de ficar lhe encarando. Saltei na estação de metrô errada só pra perguntar o seu nome. E você não quis me dizer. Mas não fui embora sem saber. Então, você mentiu que se chamava Lena. Passei uma semana inteira só falando naquela mulher linda chamada Lena. Falei para todo mundo, Lena é muito bonita. Quando finalmente encontrei você de novo e convenci-a a andar comigo, chamei-a de Lena o tempo todo. No final do passeio, estava pronto para beijá-la e você para me dizer seu verdadeiro nome. No dia seguinte, eu disse para todo mundo como Raíssa era linda e todos riram de mim dizendo que na semana anterior era Lena, naquela era Raíssa e na próxima seria outra. Mas nunca foi. Foi sempre você.

Liev para a esposa Raíssa
Tom Rob Smith in Criança 44

Música

cello

Sem a música, a vida seria um erro”.

. Friedrich Nietzsche in O Crepúsculo dos Deuses .

Gaiola de prender idéias

Quando uma idéia boa me chegava eu a prendia na minha “gaiola de prender idéias”, um caderninho, na esperança de um dia transformá-la num artigo. Mas a quantidade de idéias que eu colocava na gaiola de prender idéias era muito maior que minha capacidade de escrever. Elas nunca iriam se transformar em literatura. Seriam condenadas ao esquecimento. Fiquei com dó delas. Resolvi então tirá-las da gaiola e soltá-las aos quatro ventos. Estão aí, neste livro.

Rubem Alves in Ostra Feliz Não Faz Pérola

Quem sabe um dia eu também não solte as minhas idéias aos quatro ventos… Por enquanto, deixo-as aqui… Em minha gaiola de prender idéias 🙂

Microconto V

Eu tento esquecer, mas fugir nem sempre deixa tudo para trás. Tem coisas que me perseguem por onde vou.

{ Lyani } 10/09/2003

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License.

Águas Passadas

A poesia se escreve com lágrimas, o romance com sangue e a história com águas passadas.

. Carlos Ruiz Zafon in O Jogo do Anjo .

Selo: Leituras de qualidade!

Ganhei esse lindo selinho da minha querida amiga Ari do Mil Pedaços de Mim:

E como todo selinho vem acompanhado de regras, vamos lá:

😀