Nos Poços

Primeiro você cai num poço. Mas não é ruim cair num poço assim de repente? No começo é. Mas você logo começa a curtir as pedras do poço. O limo do poço. A umidade do poço. A água do poço. A terra do poço. O cheiro do poço. O poço do poço. Mas não é ruim a gente ir entrando nos poços dos poços sem fim? A gente não sente medo? Agente sente um pouco de medo mas não dói. A gente não morre? A gente morre um pouco em cada poço. E não dói? Morrer não dói. Morrer é entrar noutra. E depois: no fundo do poço do poço do poço do poço você vai descobrir quê.

Caio Fernando Abreu in O Ovo Apunhalado

6 comentários sobre “Nos Poços

  1. Ana Luisa disse:

    Sempre tive receio de me afundar em poços que não me permitissem alcançar a saída. Mas tb, medo de aterrar poços que poderiam me fazer pensar melhor e ao chegar no fundo, compreender que às vezes é preciso fazer o caminho de volta para se viver melhor e corrigir erros. Enfim, adorei voltar aqui. Adorei ler essa citação. Matei saudades!

    Beijinhos,
    Ana Luisa.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s