O impossível…

Não é só aquele homem e sua mulher
mas aquele ar, e não dizer-se nada
para se entender sobre o impossível”.

. Pablo Neruda in Elegia .

3 comentários sobre “O impossível…

  1. petrucia disse:

    amiga, desculpe-me a ignorancia, mas dessa vez eu não entendi essa poesia. você deve ter entendido, ou não a poria aí. me explica:
    1. ela se refere a que?
    quando se fala em homem e mulher tenta-se atingir o leitor que sente atração por qualquer um dos dois, ou ambos (excluindo os que não gostam de nenhum). mas por que se diz “sua mulher”, e não diz tbm “seu homem”?
    isso quer dizer algo sobre o significado do texto?
    2. o “ar” e o “dizer nada” seria o mesmo que dizer: sinta as sensações e fique saciado.
    pois não é preciso “entender sobre o impossível”?
    “desista das obrigações”, ou “esqueça-se e relaxe”?
    não entendi. explique-me por favor.
    um abraço.

    • ♥ Lyani disse:

      Petrucia,

      Infelizmente não encontrei o poema todo para poder te passar, copiei apenas esse trecho do livro Elegia na Saraiva pois me chamou muita atenção…

      De qualquer forma, acho que poesia não se explica, se sente. Cada um a sua maneira…

      Quando eu li imaginei um casal frente a frente e naquele breve espaço de ar a compreensão do que se parece impossível: a convivência.

      Mas posso estar errada e não sou expert também, mas foi o que senti. Achei um trecho bonito e resolvi guardar/postar 🙂

      Bjos e obrigada pela visita!
      Ly

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s