Leitura

Toda segunda-feira, temos a hora do conto com os alunos da EJA na biblioteca onde eu trabalho. Esta semana começamos um projeto chamado “Grandes Escritores da Literatura Mundial”. E o primeiro escolhido foi o grande Gabriel Garcia Marquez e o trecho de seu livro prêmio nobel de Literatura “Cem Anos de Solidão”:

Recordando essas coisas enquanto preparavam o baú de José Arcádio, Úrsula se perguntava se não era preferível deitar de uma vez na sepultura e que jogassem terra por cima, e perguntava a Deus, sem medo, se de verdade achava que as pessoas eram feitas de ferro para suportar tantos padecimentos e mortificações; e perguntando e perguntando ia atiçando sua própria confusão, e sentia uns desejos irreprimíveis de desandar a dizer palavrões e xingamentos como se fosse um daqueles forasteiros, e dese permitir enfim um instante de rebeldia, o instante tantas vezes ansiado e tantas vezes adiado de mandar a resignação à merda , e cagar de uma vez para tudo, e arrancar do coração os infinitos montões de palavrões que tinha precisado engolir num século inteiro de conformismo.

─ Caralho! – gritou.
Amaranta, que começava a pôr a roupa no baú, pensou que ela tinha sido picada por um escorpião.
─ Onde está? – perguntou alarmada.
─ O quê?

─ O animal! – esclareceu Amaranta.

Úrsula pôs o dedo no coração.
─ Aqui – disse.

74ª edição – Editora Recoprd
Tradução de Eric Nepomuceno
Pag. 288

6 comentários sobre “Leitura

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s