Danos Irreversíveis

Certas pessoas, no afã de querer construir um mundo em que nenhuma ameaça externa possa penetrar, aumentam exageradamente suas defesas contra o exterior – gente estranha, novos lugares, experiências diferentes – e deixam o interior desguarnecido. É a partir daí que a amargura começa a causar danos irreversíveis”

. Paulo Coelho in Veronika Decide Morrer .

7 comentários sobre “Danos Irreversíveis

  1. Gerson Q. disse:

    Caraca, citando Paulo Coelho esse blog perdeu toda a credibilidade que havia conquistado comigo… Uma grandissíssima pena. Paulo Coelho não é literatura.

  2. Daniela disse:

    Ai Lyani, muito, muito obrigada!
    Fiquei tão feliz por ter respondido!
    Estarei encomendando então os livros, ajudou muito, de verdade!

    Beijos!

  3. Dalva disse:

    Oi, Ly!

    Saudades de passar aqui neste teu cantinho. Como foi de virada de ano? Espero que 2011 traga para ti todas as coisas boas…

    Comentando o post, acho que é um pouco natural que se crie certo tipos de barreiras, mas o perigo de deixar espaço para a amargura é real, mas pode ser evitado.

    Bjs.

  4. Daniela disse:

    Eu favoritei seu blog há mais de um ano unicamente por dividir da mesma paixão por livros que você tem.

    Nunca comentei por aqui, pois me sinto tão… Digamos, que “analfabeta” na arte de me expressar, assim como você e tantas (os) outros que vejo passando por aqui…

    Tomei a liberdade de tentar entrar em contato com você por aqui, pois creio que possa melhor me ajudar mais do que ninguém!

    Tem dois livros de cabeceira que eu MORRO de paixão, mas que nunca compro por não saber se a editora ou a tradução é confiável e/ou fiel ao original.

    Se puder me aconselhar, gostaria de comprar “O morro dos ventos uivantes” e “Orgulho e Preconceito”, mas tenho muitas dúvidas em relação as editoras. Qual me aconselha?

    • ♥ Lyani disse:

      Oi Daniela, tudo bem?
      Obrigada primeiramente pelo comentário! 🙂

      O Morro dos Ventos Uivantes, te aconselho a tradução de Rachel de Queiroz… você tem duas opções: tem a edição da Editora Record, que é meio difícil de achar, mas tem na livraria da Travessa do Rio. E a edição que foi lançada pela Ed. Abril naquela coleção de clássicos!

      Orgulho e Preconceito, eu já não sei te indicar. Eu li o da coleção de clássicos da Ed. Abril e gostei muito!

      Espero ter ajudado 🙂

      Abraços,
      Ly

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s