12.03 [11] – Dia do Bibliotecário

Bibliotecas são entidades em crescimento constante, parecem multiplicar-se por si sós, reproduzem-se por aquisição, furto, empréstimo, doação, por locunas associativas ou pelos mais variados esforços de completude. Seja em Alexandria, Bagdá ou Roma, essa massa de palavras em expansão acaba por exigir sistemas de classificação que lhe abram espaço para crescimento, fronteiras móveis que as salvem das limitações do alfabeto ou da inutilidade sob o peso excessivo dos itens numa mesma categoria”.

. Alberto Manguel in A Biblioteca à Noite .