DL 2011: Feios

TEMA: Ficção Científica
MÊS: Abril


Livro:
Feios
Autor(a): Scott Westerfeld
Editora:
Record
Páginas: 415

Nota: 4
(sendo: 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5Adorei)


Em um mundo de extrema perfeição, o normal é feio”.

Essa frase explica bastante sobre a história de “Feios”, o primeiro romance da série do autor texano Scott Westerfeld. Tally é feia. Não, isso não quer dizer que ela é horrível e assutadora. Ela é apenas uma jovem que não completou 16 anos ainda e por isso não passou pela operação que a transformará em uma pessoa incrivelmente bela e perfeita. Tally está ansiosa pela operação e pela vida perfeita que levará em Nova Perfeição, a cidade onde sua única obrigação é se divertir muito, aproveitar bastante e ir à inúmeras festas ao lado de pessoas tão belas e perfeitas como você. Parece uma vida de sonhos, mas, como tudo na vida, tem seu preço.

Alguns meses antes de completar 16, Tally conhece Shay, uma Feia que não está tão ansiosa pela transformação e prefere se arrisacar fugindo da cidade e conhecendo uma outra vida ao lado de pessoas que assim como ela, são contra a ditadura da beleza e da perfeição. Tally sofre com a separação da amiga, mas quer tanto se transformar em perfeita que não a acompanha, preferindo esperar pelo dia de sua operação. No dia programando, no entanto, Tally se vê obrigada a ir atrás da amiga, pois os perfeitos estão fartos dos grupos desertores e querem descobrir sua localização.

Chantageada e forçada a seguir as instruções que Shay deixa com ela antes de partir, Tally vai conhecer um lado diferente desse mundo perfeito, e, infelizmente, não é nada bonito.

Westerfeld tem uma narrativa bastante envolvente e a idéia de seu livro é muito original e interessante. Logo no começo do livro é possível perceber que a história é do tipo que prende e a leitura é bastante agradável. Somente em alguns momentos achei que o autor poderia ter trabalhado melhor a narrativa, como é o caso do romance entre Tally e David e o importante momento da amizade de Tally e Shay. Não me agrada muito quando questões importantes na história são tratadas superficialmente e passam quase desapercebidas.

Afora isso, a história é muito original. Fico admirada com a capacidade de alguns autores de criarem realidades totalmente novas, com detalhes tão bem amarrados. Nova Perfeição é o futuro. Uma cidade totalmente voltada ao bem estar do ser humano e do meio ambiente, utilizando energias renováveis, materiais recicláveis, alimentação à base de soja. As pessoas são influenciadas a pensar de forma ecológica em relação à tudo. Derrubar uma árvore é visto como um ato agressivo e indesculpável. Matar um animal, que seja para alimentação, também. Confesso que me peguei, em alguns momentos do livro, a favor dos perfeitos e de Nova Perfeição, apesar dos pesares.

O egoísmo, a ambição, o individualismo da raça humana as vezes me leva a pensar que medidas drásticas como “Nova Perfeição” talvez sejam a solução dos nossos problemas. Porque no fim, e realmente acredito nisso de vez em quando, “O único problema do Mundo são as pessoas”.

E isso também foi um ponto positivo para Westerfeld que com sua ideía criativa, nos faz refletir sobre nosso mundo, nossas escolhas e prioridades. Vale também ressaltar que o final do livro toma um fôlego surpreendente, deixando gostinho de quero mais.

Leitura recomendada!

Leia também no Skoob

3 comentários sobre “DL 2011: Feios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s