DL 2011: O Ano de 1993

TEMA: Nobel de Literatura
MÊS: Outubro


Livro:
O Ano de 1993
Autor(a): José Saramago
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 128

Nota: 5
(sendo: 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5Adorei)

A cada leitura de Saramago me torno mais sua fã. Neste livro diferente dos que já li do autor, a narrativa me foi tão curiosa e interessante que terminei de ler dentro da própria livraria. Saramago nos traz uma narrativa solta, curiosa e de difícil classificação, haja vista que tanto é possível ser uma poesia surrealista, quanto uma prosa desestruturada. Diferente, mas não menos brilhante, afinal Saramago conseguiu me conquistar até no estilo peça teatral que não faz o meu gênero.

Em O ano de 1993, as cidades de um mundo que não é nomeado, foram destruídas, ocupadas ou dominadas por animais ferozese e forças ocultas invasoras. Personagens anônimos se deslocam do campo à cidade, da montanha às praias e desertos sem nenhuma lógica e apesar do livro se passar no ano específico de 1993, eles parecem atravessar vários momentos da história humana. É tudo tão estranho, que Saramago até mesmo compara ambientes a obras do pintor Salvador Dalí e faz referências bíblicas e alusões a animais modificados quimica e mecanicamente para fins de opressão política.

Até o sistema carcerário é modificado na história e as prisões são prédios altos de vidro onde os presos são obrigados a fazer tudo aos olhos dos outros presos, dos guardas e da cidade. Até mesmo as torturas são feitas à luz do dia aos olhos de quem quiser ver. As paredes da prisão só ficam opacas à noite quando todos estão dormindo e não há mais nada para olhar.

É valido lembrar que o livro foi escrito em 1975 e que durante essa época e nos anos anteriores, várias revoluções e movimentos políticos ditatoriais estavam acontecendo em Portugal e no mundo. Acredito que Saramago tenha se inspirado nessa triste época da humanidade para escrever o que imaginava ser o futuro em 1993, assim como fez Orwell com seu famoso 1984. E por isso também, me encantei pelo livro, pois penso que por mais absurdas que algumas idéias de Saramago sejam, tenho medo do nosso futuro pois creio que o ser humano é capaz de qualquer coisa pelo poder e pelo dinheiro.

Elogiar a narrativa de Samarago é chover no molhado, mas de qalquer forma achei fantástica e adorei a idéia do livro. Entendo perfeitamente porque Saramago ganhou o Nobel de Literatura. Merecidíssimo.

Leitura recomendada!

Leia também no Skoob.

3 comentários sobre “DL 2011: O Ano de 1993

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s