Não tem conserto.

A ironia disso tudo, a ironia de pensar que havia sido salva por Nick, era como um golpe violento intensificado por um arrependimento profundo. O arrependimento de cada coisa de nossa vida juntos. Nosso primeiro encontro, o dia de nosso casamento, nossa mudança para Boston, nossa casa e tudo dentro dela, até a lata mais empoierada de sopa de lentilha no fundo de nosso armário.
(…)
─ Sinto Muito – ele disse parecendo desolado, sem forças e perdido. ─ Farei qualquer coisa para consertar esse erro.
─ Não há nada que possa fazer. Isso não tem conserto.
─ Tessa, não há mais nada entre mim e ela…
Não há mais nada entre nós, Nick. Não há mais nós… Agora saia daqui.

Emily Giffin in Questões do Coração

Um comentário sobre “Não tem conserto.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s