Esperava

No começo eu esperava, que viesse alguém, um dia. Um avião, um navio, uma nave espacial. Não veio nada, não veio ninguém. Só este céu limpo, às vezes escuro, às vezes claro, mas sempre limpo, uma limpeza que continua além de qualquer coisa que esteja nele”.

. Caio Fernando Abreu in O Inventário do Ir-remediável .

2 comentários sobre “Esperava

  1. L.C. Junior disse:

    Bem, esperar por ago é bom sempre, eu por exemplo espero que qualquer dia Desses o Doctor apareça na porta da minha casa com a sua Blue Box, ou quem sabe eu descubra que minhas suspeitas sobre minha Geladeira ser a Tardis serem verdade, Nunca se sabe…

  2. Lu Guedes disse:

    Sempre que leio Caio Fernando Abreu fico tentando imaginar o mundo que ele via. Não foi sempre assim, mas tem sido assim. Olho para as palavras dele e tento fazer um desenho “além de qualquer coisa que esteja nele”. rs

    bacio

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s