Marvin, o Andróide Paranóide


— Marvin! — gritou Zaphod.
— O que você quer? Marvin ergueu-se de uma pilha de entulho de alvenaria mais adiante no corredor e olhou para eles.
— Você está vendo aquele robô vindo em nossa direção? Marvin olhou para a gigantesca forma negra que se dirigia em sua direção atravessando a ponte. Olhou para seu franzino corpo metálico. Olhou de novo para o tanque.
— Imagino que você quer que eu o detenha — disse.
— Isso.
— Enquanto vocês salvam suas peles.
— Isso — disse Zaphod —, faça isso!
— Apenas pelo tempo em que eu souber onde estou — disse Marvin.

Continuar lendo “Marvin, o Andróide Paranóide”