Mil anos de solidão…

…e tristeza pela morte do maior colombiano de todos os tempos, disse Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia. Concordo. Descanse em paz, Gabo. Obrigada por tudo ❤

resize

Se deixou levar por sua convicção de que os seres humanos não nascem para sempre no dia em que as mães os dão à luz, e sim que a vida os obriga outra vez e muitas vezes a se parirem a si mesmos“.

. Gabriel Garcia Marquez in O Amor nos Tempos do Coléra .

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s