Outra pessoa

De todas as maneiras que importavam, eu estava morto. Dentro de mim, em algum lugar, talvez eu estivesse gritando, chorando e uivando como um animal, mas aquela era outra pessoa, lá dentro, outra pessoa que não tinha acesso ao rosto, lábios, boca e cabeça, portanto, na superfície eu apenas dava de ombros, sorria e continuava em movimento”.

. Neil Gaiman in Coisas Frágeis 2 .

Um comentário sobre “Outra pessoa

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s