Não podem acreditar…

{…} alguns deles são escritores
ou querem ser escritores
e estão em empregos estúpidos e horríveis
e não conseguem nem encarar a sala
o apartamento
as paredes
essa noite…
querem alguém com quem possam conversar
não podem acreditar 
que não posso ajudá-los
que não conheço as palavras
não podem acreditar
que agora mesmo
me dobro em meu quarto
segurando minhas entranhas
e dizendo
“Jesus Jesus Jesus, 
de novo não!”
eles não podem acreditar
que as pessoas mal-amadas
as ruas
a solidão
as paredes
também são minhas”.

. Charles Bukowski in O Amor é um Cão dos Diabos .