Resenha: Ler, viver e amar em Los Angeles


Livro:
 Ler, viver e amar em Los Angeles
Autor(a): Jennifer Kaufman e Karen Mack
Editora:
 Casa da Palavra
Páginas: 320

Nota: 4
(sendo: 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5Adorei)

~

Começa com Ler, …
Eu gostei bastante desse livro, embora eu tenha visto várias opniões bastante diversas a respeito dele. Concordo com algumas opniões de que a história e a narrativa não são lá daquelas que nos fazem suspirar ou ficar extremamente entusiasmados com a leitura e que o desenrolar dos fatos é lento e a protagonista não muito cativante.

Mas, como costumo fazer com algumas leituras, eu foco em um aspecto que me chama muita atenção e o restante fica em segundo plano não pesando muito na minha avaliação. E o meu foco, nesse livro, como devem imaginar, é a leitura e os livros.

A maioria dos livros com esse tema central (e principalmente os que tem alguma biblioteca envolvida), tendem a me influenciar de forma a gostar da história imediatamente. Isso, e o fato da protagonista mergulhar nos livros como forma de escapar de sua realidade (coisa que costumo fazer também), me fizeram automaticamente me identificar com a história.

Além disso, todos os fatos que citei acima sobre a lentidão do enredo, a protagonista não muito cativante e a narrativa não muito glamourosa, foram outros pontos que me fizeram gostar da história. Esses fatos reunidos me trouxeram a sensação de que tudo era muito real e verdadeiro. Como a vida da gente, que nem sempre tem um desenrolar de fatos rápido e nem sempre podemos nos considerar protagonistas extremamente cativantes.

A paixão da protagonista por livros e leitura me chamou mais atenção que qualquer outro fato do livro e seus diálogos sobre literatura com os vendedores da livraria do bairro me cativaram e encheram de inveja, porque é tão difícil encontrar pessoas que trabalhem em livrarias e realmente sejam leitores capazes de indicar livros e leituras coerentes. Além disso, tem o romance e personagens que trazem uma nova cor ao livro, como é o caso de Harper e Bea.

O fato do romance central do livro também não ser “comum” é outro fato positivo na minha opnião. Adoro quando autores fogem do lugar-comum e criam situações mais próximas a realidade da vida. E para finalizar, as citações contidas ao longo do texto são um toque delicioso a mais, para os amantes de literatura como eu.

Por todos esses fatores, recomendo a leitura!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s