Resenha: Jornada dos Anjos


Livro:
 Jornada dos Anjos
Autor(a): Lucius
Editora: Vivaluz Editora
Páginas: 576

Nota: 5
(sendo: 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5Adorei)

~

 

É hora de acordar!
Jornada dos Anjos é a continuação da história fascinante dos “Exilados por Amor” e dos espíritos maravilhosos que os acompanham em sua trajetória de renovação e aprendizado. Neste livro podemos acompanhar várias reencarações dos exilados de Capela e suas dificulades em expiar os atos dolorosos que os fizeram vir a Terra. Nota-se claramente nestes personagens a difícil tarefa de abrir-se para o bem e os pensamentos positivos, em atuar nos desígnios de Deus, em praticar a caridade e a benevolência.

Achei uma leitura difícil, não no sentido da narrativa que é super clara e tem um desenrolar muito cativante, mas no sentido de que é um alerta e nos faz refletir sobre nossas próprias atitudes e pensamentos. Será que estamos praticando o bem? Será que estamos com o pensamento alinhado com o que Jesus nos ensinou em nosso dia-a-dia atribulado e cheio de outras preocupações?

O livro traz várias situações emocionantes no decorrer das diversas reencarnações dos espíritos exilados e em todas elas é possível interiorizar algumas lições maravilhosas para o nosso crescimento espiritual. Fiquei impressionada, confesso e até mesmo receosa de meus próprios pensamentos e ações. Isso foi o ponto forte do livro e só tenho a agradecer minha querida mãe por ter me indicado e emprestado essa leitura que é um chacoalhão para sairmos da inércia e enredarmos no caminho do bem e das boas ações.

Leitura super recomendada!

3 comentários sobre “Resenha: Jornada dos Anjos

  1. Mario disse:

    Livro muito bom mas não sei se são fatos verídicos ou um romance citado pelo autor espiritual, não houve nenhum brasileiro chamado Rafael(irmão de Isabela) morto no World Trade Center, por exemplo…

  2. Maria Faria disse:

    Olá Lyani! Também faço leitura de livros com temática espírita e realmente representam uma chacoalhada na nossa inércia. Estou com um livro do Emmanuel, psicografado pelo Chico, para ler. Vou adiando a leitura, pois sei que os livros de Emmanuel são sempre doloridos de ler, mas é necessário. Abraço!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s