Resenha: Pequena Abelha


Livro:
 Pequena Abelha
Autor(a): Chris Cleave
Editora:
 Intrinseca
Páginas: 272

Nota: 5
(sendo: 1- Não gostei 2- Gostei pouco; 3- Gostei; 4- Gostei bastante; 5Adorei)

~

Arrebatador!
Pequena Abelha é de tirar o fôlego e o sossego. Não tem como você ler essa história e não se sentir um pouco incomodada com a realidade de que lá fora no mundo pessoas estão sofrendo, morrendo, passando por horrores enquanto nossa única reação é dizer “que horror” em frente ao noticíario tomando uma chá, ou café, ou qualquer coisa. A maneira especial com que o autor narra a história é totalmente envolvente e apaixonante. Demorei pra ler por pura falta de tempo, pois é o tipo de livro que você devora inteiro, sem conseguir largar. A história é sobre… Bem, não posso contar muito. A sinopse do livro na quarta capa diz o seguinte:

Depois de ler este livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como esta narrativa se desenrola”

E realmente é esse o encanto do livro e como não posso contar muito, vou contar só um pouquinho: é uma história sobre um encontro de duas mulheres numa praia da Nigéria. Um encontro onde uma delas precisa tomar uma decisão terrível. Dois anos após esse dia fatídico elas se reencontram e então tudo começa…

Leitura super recomendada!