Porque somente o amor é capaz de transformar o mundo

O Natal foi ontem, mas uma grande amiga escreveu este texto e achei que merecia ser postado, para reflexão…

Para vocês aí que gostam tanto de falar em família, lembrem-se: Jesus nasceu pobre, humilde, foi perseguido e morto pelos poderosos. Ensinou a compreender, nunca julgar. “Atire a primeira pedra quem não tiver nenhum pecado”, foi o que ele disse para resgatar uma prostituta do apedrejamento em praça pública. Jesus encarnou nesse mundo para ensinar o AMOR, somente o amor.  Se ele estivesse nesse planeta, em carne e osso e agora, neste momento, ele seria negro, índio, pobre, gay, transgênero, com deficiência, refugiado, trabalhador, mulher! Ele escolheu ser humilde materialmente para poder demonstrar a grandeza do seu espírito. Ele escolheu estar perto das minorias. Em tempos sombrios de violência e medo, Jesus “não solta nossas mãos” porque ele é um de nós. Foi ofendido e humilhado, e venceu pelo AMOR.

TODO TIPO DE AMOR É JUSTO. Porque somente o amor é capaz de transformar o mundo.

O amor é o sentimento mais revolucionário que existe.

O VERDADEIRO JESUS É UM DE NÓS. Por isso ele É conosco! Não há razão para ter medo ❤

Feliz Natal! 🎄🎄🎄❤🎉✨

Texto escrito pela jornalista e mestranda Bárbara Garcia
e cedido carinhosamente a este blog para publicação. 

Feliz Natal e Ano Novo!!

“Não usemos bombas nem armas para conquistar o mundo. Usemos o amor e a compaixão. A Paz começa com um sorriso. Sorria pelo menos cinco vezes por dia para as pessoas a quem você normalmente não daria um sorriso. Faça isso pela paz. Irradiemos a paz de Deus e tornemo-nos o reflexo de Sua luz para extinguir no mundo e no coração dos homens toda espécie de ódio e o amor pelo poder. Sorria junto com os outros, embora isso nem sempre seja fácil”.

. Madre Teresa de Calcutá .

Observar a Si Mesma

“A maneira como falamos e a escolha do momento certo para falar podem ocasionar mudanças nos relacionamentos humanos. A fala amorosa e verdadeira pode causar impacto. A fala que reclama, insulta, exige, só provoca maiores desagravos e desentendimentos.
Se cada pessoa for capaz de observar a si mesma, em vez de exigir tanto dos outros, poderá causar transformações mais profundas e sutis nos seus relacionamentos individuais e sociais. Observe como você está se comportando, falando, pensando. Procure desenvolver um olhar de compreensão e ternura… O que parecia impossível se torna possível e a harmonia se restabelece quando penetramos o nível do amor incondicional”.

Monja Coen in A sabedoria da Transformação .

Permanece

“Quando percebemos nossos sentimentos e nossas emoções, quando conseguimos verbalizar o que sentimos, os libertamos. A verdadeira amizade permanece sem recalques, sem segredos. Na confiança de perceber e de compreender sem julgar”. 

.  Monja Coen in A sabedoria da Transformação .

Meus hábitos de Leitora (atualizando)

Há 10 anos atrás, Leonardo do Vísceras Literárias (que não existe mais, não consegui entrar no link 😦 ) me indicou e eu resolvi fazer!! E hoje, estou atualizando, com poucas mudanças, mas…

  1. Sempre antes de ler qualquer livro, abro na última página e leio a última palavra;
  2. Sou compulsiva por livros. Não posso receber promoção por e-mail ou entrar numa livraria sem comprar no mínimo um;
  3. Tenho mania de ler um livro ouvindo apenas uma música que é a que estou curtindo no momento, aí acabo associando o livro àquela música específica;
  4. Sou bastante influenciada a ler um livro pelo título;
  5. Adoro ler antes de dormir e no ônibus;
  6. Tenho muitos livros, mas nem perto do quanto eu realmente gostaria de ter e HOJE, graças DEus tenho um quarto só pra eles, e estantes que já estão abarrotadas precisando de renovação e mais espaço :o;
  7. Trato os livros como se fossem bens preciosos (e são!), não risco, não escrevo, não sublinho frases, não faço anotações, não dobro as pontas das páginas, só marco a página onde parei com um marcador e principalmente não leio enquanto estou me alimentando, ou deixo o livro próximo a comida, água ou qualquer coisa que possa causar o mínimo dano;
  8. Confesso que tenho algumas restrições quanto a emprestar meus livros. Só para quem eu tenho certeza cuidará bem deles e principalmente, me devolverá;
  9. Costumo chorar, rir, brigar com os personagens dos livros que leio. Pareço uma louca, eu sei, mas é inconsciente. Entro na história e é como se fizesse parte dela;
  10. Guardo todas as citações que mais gosto de todos os livros que já li e estou lendo aqui no meu blog e agora no meu insta também @blog_entreaspas ❤

E vocês? Quais são os hábitos de vocês como leitores? 🙂

10.12 – 98º Aniversário de Clarice

“Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente”.

. Clarice Lispector in Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres .