Resenha: Francisco

Livro: Francisco
Autor: Guilherme Samora
Editora:
Globo Livros
Páginas: 160
Nota: 4
(1.Não gostei 2.Gostei pouco; 3.Gostei;
 4.Gostei bastante; 5.Adorei)

Eu não sou católica, mas tenho um carinho muito especial por São Francisco por ser o protetor dos animais. Quem me conhece bem sabe que defendo muito a causa animal, estou no caminho de parar totalmente de comer carne (já estou à dois anos comendo apenas peixe e de vez em quando) e sou dessas que se pudesse, sairia pegando todos os animais de rua e colocando pra dentro de casa!!

Enfim, descobri o livro do Guilherme Samora, porque sigo a Luisa Mell (e sou muito fã) e vi que ela foi ao lançamento do livro dele. Imediatamente fiz a compra na internet, pois sempre quis saber um pouco mais sobre a história de São Francisco. A leitura desse livro foi muito gostosa e uma grata surpresa, pois soube de coisas que sequer imaginava sobre a vida dele. Sabia, como a maioria, que ele tinha vindo de uma família rica e deixado tudo isso pra trás pra seguir uma vida de simplicidade, pobreza e amor. Mas não fazia a menor ideia de como ele era antes de tomar essa decisão, e o quão difícil foi seguir esse caminho no começo. A reação do pai, as coisas que ele fez pra tentar manter Francisco longe das ruas e de sua vocação, como ele era tratado na rua por algumas pessoas, sendo visto como louco e até mesmo ladrão, enfim… Foram muitas dificuldades e ele encontrou consolo na fé e na certeza do caminho a seguir.

Como disse, o livro foi uma grata surpresa, pois conheci muitos outros aspectos da vida de São Francisco que não imaginava, além do seu amor pelos animais. Há belíssimas e fantásticas histórias sobre isso, mas não é o foco único do livro que traz muitas informações interessantes sobre seu caminho, as pessoas que o acompanharam, seus principais momentos de vida, descobertas científicas a respeito de milagres e suas relíquias e ainda nos presenteia com textos da autoria de São Francisco e fotos dos locais importantes para sua jornada.

A leitura é super fluída e dá pra perceber nas palavras do autor, a admiração e o amor que ele também sente por São Francisco, além de muita atenção e pesquisa aos fatos históricos. E termino minha resenha com esse trecho/ensinamento do livro:

“Francisco, que já pregava que ninguém deveria se preocupar com o amanhã, deixa outra valiosa – e muitas vezes esquecida – lição para os dias de hoje: tentar ao máximo viver com leveza e boa energia”.

Recomendo a leitura!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.