Ridículas

“As pessoas eram tão ridículas!, tinha ela vontade de chorar de alegria e de vergonha de viver”.

. Clarice Lispector in O Lustre .