Rio

“Nunca vira um rio que falasse tantas águas, rio sem margens”.

. Micheliny Verunschk in O Som do Rugido da Onça .