Resenha: Histórias Extraordinárias

Livro: Histórias Extraordinárias
Autora: Edgar Allan Poe
Editora: @companhiadasletras
Páginas: 448
Nota: 5/5

Fazia anos que não lia nada de Poe e foi como ler pela primeira vez. Fiquei impressionada com sua qualidade narrativa permeada de linguagem poética, e da intensidade com que consegue nos fazer mergulhar em suas histórias, ora nos levando por aventuras que aguçam a curiosidade, ora nos aterrorizando com o sobrenatural e utilizando do mais bem trabalhado terror psicológico.

A cada conto experimentado nesta leitura, Poe mostra sua perfeita compreensão dos princípios básicos que regem o gênero, trazendo sempre algo intenso e vivo. Além disso, nos faz refletir sobre muitos aspectos da natureza humana, muitas vezes invocando desculpas para as mais terríveis ações pelo sobrenatural ou influências malignas por nossa exclusiva dificuldade em conseguir encarar que seja a perversidade natural do ser humano.

Difícil escolher poucos contos como os favoritos nessa obra. Os que mais me chamaram atenção foram, sem dúvida: A Máscara da Morte Rubra, que em tão poucos páginas trouxe tanta atualidade e semelhança ao que vivemos nos dias de hoje, que me deixou impressionada; O Coração Delator e O Gato Preto, ambos envolventes na atmosfera de loucura e suspense e que me lembrou muito dos sentimentos de Crime e Castigo; William Wilson, trazendo o tema do Duplo que se introduz já desde o título do conto e vai se reproduzindo em diversas camadas e níveis através do conto até seu final surpreendente.

Meu conto favorito desta coletânea foi O Poço e o Pêndulo, que se passa na época da inquisição e cuja leitura foi uma das mais impactantes que já fiz. Fui totalmente arrastada pelo terror psicológico desse conto e senti, como se acontecesse comigo, todas as angústias descritas ao personagem condenado à uma morte cruel. Narrativa genial e aterradora. Vale um olhar sobre o conto A Carta Roubada, que apesar de não ser um dos favoritos, me mostrou um lado investigativo de Poe que desconhecia e que foi influência para Conan Doyle e Agatha Christie.

Recomendo muito a leitura!
#blogentreaspas#edgardallanpoe#contosdesuspense 💀


Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.