25.05 [18] – Dia da Toalha/Orgulho Nerd

“Só ao tentar me colocar no seu nível intelectual, fico com dor de cabeça”.
#MarvinAndroideParanóide, personagem de

.  Douglas Adams in O Guia do Mochileiro das Galáxias .

25.05 [16] – Dia da Toalha/Orgulho Nerd

Não basta apreciar a beleza de um jardim, sem ter que imaginar que há fadas nele?”.

. Douglas Adams in O Guia do Mochileiro das Galáxias .

25.05 [15] – Dia da Toalha/Orgulho Nerd

Você não pode ver o que eu vejo porque vê o que você vê. Não pode saber o que sei porque sabe o que você sabe. O que vejo e o que sei não podem ser acrescentados ao que você vê e ao que você sabe porque são coisas diferentes. Também não podem substituir o que você vê e o que você sabe porque isso seria substituir você mesmo.” (Disse o sábio dos postes, de Hawalius, para Arthur Dent)

. Douglas Adams in Praticamente inofensiva .

Duas Teorias Interessantes

Existe uma teoria que diz que, se um dia alguém descobrir exatamente para que serve o Universo e por que ele está aqui, ele desaparecerá instantaneamente e será substituído por algo ainda mais estranho e inexplicável. Existe uma segunda teoria que diz que isso já aconteceu”.

. Douglas Adams in O Guia do Mochileiro das Galáxias .

25.05 [13] – Dia da Toalha/Orgulho Nerd

De início, Ford elaborou uma teoria para explicar esse estranho comportamento. Se os seres humanos não ficarem constantemente utilizando seus lábios ― pensou ele ― , eles grudam e não abrem mais. Após pensar e observar por alguns meses, abandonou essa teoria em favor de outra: se eles não ficarem constantemente exercitando seus lábios ― pensou ele ― , seus cérebros começam a funcionar”.

. Douglas Adams in O Guia do Mochileiro das Galáxias .

Marvin, o Andróide Paranóide


— Marvin! — gritou Zaphod.
— O que você quer? Marvin ergueu-se de uma pilha de entulho de alvenaria mais adiante no corredor e olhou para eles.
— Você está vendo aquele robô vindo em nossa direção? Marvin olhou para a gigantesca forma negra que se dirigia em sua direção atravessando a ponte. Olhou para seu franzino corpo metálico. Olhou de novo para o tanque.
— Imagino que você quer que eu o detenha — disse.
— Isso.
— Enquanto vocês salvam suas peles.
— Isso — disse Zaphod —, faça isso!
— Apenas pelo tempo em que eu souber onde estou — disse Marvin.

Continuar lendo