Pesar

Comecei a chorar. Não as lágrimas silenciosas de um infortúnio dolorido, mas os longos gemidos de uma perda inimaginável. Chorei por Mama. Chorei por meu país. Chorei pela humanidade. Chorei por mim mesmo. Senti pesar por todo mundo que já viveu. Senti pesar em ritmos de absoluto silêncio, nos quais eu parecia não respirar de foma nenhuma. Sofri na dissonância de uma imensa angústia”. 

. Jim Powell in Arriscar é Viver .

A verdade dói

─ A verdade dói, não dói? – Era uma pergunta áspera, mas sua voz tinha perdido a aspereza. 
─ No momento tudo dói – eu disse”.

. Jim Powell in Arriscar é Viver .

Convergência

Foi um erro ter voltado. Talvez seja sempre. Os lugares nunca são como a gente se lembra deles. Talvez eles tenham mudado, ou talvez a gente tenha mudado, ou talvez sejam enganos da memória. Uma imagem de qualquer lugar é uma incomum convergência de como ela era num momento particular e os olhos particulares que a viram, modificada pelo tempo e nunca a ser repetida”. 

. Jim Powell in Arriscar é Viver .